Gravidez na adolescência

A gravidez é um momento muitas das vezes ansiado por grande parte das mulheres, este é um processo natural que faz parte da vida do ser humano, pois sem este deixaríamos de existir. Porém nem tudo o que rodeia uma gravidez pode ser encarado com a maior felicidade do mundo, não fosse hoje em dia cada fez mais comum a gravidez na adolescência. Pode-se dizer que a gravidez quando ocorre na adolescência não é uma gravidez planeada, ocorrendo assim devido à falta de conhecimento dos contraceptivos ou devido a relacionamentos instáveis.

risco-gravidez-adolescencia

Essencialmente o nosso corpo só se encontra totalmente preparado para gerar um bebé a partir dos 21 anos de idade, isto porque durante fase antecedente, o nosso organismo ainda continua em fase de crescimento e desenvolvimento.

Antes de mais é muito importante frisar que a gravidez precoce não diz unicamente respeito à rapariga, pois apesar de ser esta a ter de lidar com todas as alterações corporais resultantes da gravidez, para conceber um filho são necessárias duas pessoas de sexos opostos. Logo o rapaz apesar de não ter de lidar com quaisquer tipo de alterações físicas, ao longo de todo o processo gestativo da rapariga e após o nascimento do bebé, tanto o rapaz como a sua família vão ter de lidar e de se adaptar às mudanças que um bebé traz para uma família.

Apesar de hoje em dia termos acesso desde cedo a uma vasta informação de como prevenir uma gravidez precoce, ano após ano ainda se continua a verificar uma taxa de gravidezes precoces muito elevada.

Dentro das principais causas de uma gravidez na adolescência poderemos destacar as seguintes:

– Não usar métodos contraceptivos durante o primeiro ato sexual;

Muitas são as histórias que andam em volta da primeira relação sexual, sendo que numa delas se afirma que durante o primeiro ato sexual nunca se engravida. Porém esta afirmação não passa mesmo de uma história, pois a probabilidade de engravidar na primeira relação sexual é a mesma que tem de engravidar em qualquer outra.

– Falta de conhecimentos de educação sexual, bem como de contraceptivos;

Apesar de vivermos em pleno século XXI, ainda existem muitos tabus em relação à sexualidade, o que de certa forma leva a que muitos pais adiem ano após ano a tal conversa sobre sexualidade. Contudo este é um tabu que tem de desaparecer, pois como sabemos os adolescentes iniciam cada vez mais cedo a sua sexualidade, logo quando não estão totalmente informados acerca da mesma, a gravidez precoce poderá ser uma consequência.

– Aparecimento da primeira menstruação;

– Uso inadequado dos contracetivos;

– O desejo de se afirmarem como adultos;

 

Consequências de uma gravidez na adolescência

Como sabemos, uma gravidez precoce faz com que a vida de qualquer pessoa dê uma volta de 360 graus. Deste modo durante todo o processo de gravidez é inevitável que venhamos a sofrer com a mesma.

Essencialmente com uma gravidez durante adolescência, uma das principais alterações na vida dos jovens é a nível social, uma vez que dado a idade têm algum receio de assumir perante os colegas e familiares, pois têm medo de virem a ser rejeitados pelos mesmos.

Para além disso, tendo em conta que não estamos preparados para as mudanças corporais que estão associadas a uma gravidez, o desenvolvimento de problemas emocionais e até mesmo psicológicos também é inevitável.

Dentro de todas as gravidezes na adolescência, são muitas as que permanecem escondidas até que sejam totalmente visíveis, logo este ato poderá levar a que a futura mamã e o bebé venha a contrair inúmeros problemas de saúde, podendo estes em alguns casos colocar em risco a saúde de ambos.

Para além de todas as consequências apresentadas anteriormente, este tipo de gravidez também poderá levar ao abandono escolar, à descriminação social, à dificuldade em arranjar trabalho, ao desinteresse do pai pela criança, a alterações da rotina e dos planos de vida, pois por vezes os sonhos nunca mais os deixarão de ser.

Contudo se pensa que este tipo de gravidez acarreta unicamente consequências para a mãe e para o pai desengana-se, pois esta também poderá trazer inúmeras consequências negativas para o bebé. Dentro das quais maus tratos, desprezo e rejeição por parte dos pais e ainda poderá também levar ao desenvolvimento de problemas de comportamento e problemas escolares por parte da criança.

09. Abril 2013 by Editor
Categories: Gravidez | Tags: , | 1 comment

One Comment

  1. sim sim sim sim sim sim sim sim sim

Leave a Reply

Required fields are marked *